PRONUNCIAMENTOS – SESSÃO ORDINÁRIA 11 DE ABRIL DE 2016

13/04/2016


                                            PRONUNCIAMENTOS – SESSÃO ORDINÁRIA 11 DE ABRIL DE 2016

Vereador Orison Cezar – Saudou o vereador Valmir Massena, que na sessão ordinária do dia 11 de abril ocupou a presidência da Casa, na ausência do vereador Lino Faustino Viegas. Desejou sucesso a ele devido a pauta ser extensa. Falou sobre a posição de seu partido, o PSDB, de compor uma aliança com o PSB, tendo Belô pré-candidato a prefeito e ele a vice. Somando a este projeto estão o Solidariedade, PRTB, PV e Rede. Agradeceu aos demais partidos com quem dialogou, só não sentando à mesa com o atual prefeito e seu partido. Pediu que haja respeito entre os concorrentes, salientando a luta constante por mudanças, aquelas que os partidos que estiveram no poder não fizeram, e que sejam benéficas à comunidade.

Vereador Ubirajara Leotte – Destacou dois grandes eventos no seu bairro – Porto Batista, a escolha da Musa do Futebol, sendo eleita Milena Toebe (Nabucão); 1 ª Princesa, Bruna Castro (Veterano) e Rosane Costa (Nabucão). Também um bingo beneficente à família do Vilsão (popular Jacaré). Reportou-se aos projetos que tramitam na Casa: Gratificações a socorristas e reajuste de horas operadas para tratoristas e demais operadores de máquinas pesadas. Citou que os socorristas não foram contemplados ano passado porque não havia as ambulâncias e porque o município estava no limite prudencial. Aos operadores que estão desde 1993 com o mesmo valor, R$ 0,70 a hora, e agora passarão para R$ 3,00, sem exceder 150h mensais.

Vereadora Rita de Cássia Cunha – Destacou o jogo de cartelas na Coxilha Velha em prol da Escola Aly Poeta, saudando direção e professores e todos que colaboraram. Pediu que os políticos não se envolvam nestes eventos de forma a fazer palanque eleitoreiro. “Isso não é bom para qualquer comunidade”, destacou. Brindou o sucesso do evento em benefício do popular Jacaré, no Porto Batista e lembrou que no dia 14 de abril, 19 horas, haverá audiência pública na Ulbra/SJ, sobre a situação do Hospital de São Jerônimo e a saúde na Região. Que está programando para 25 de abril a audiência pública com a secretária de Saúde de Triunfo e os prestadores de serviços.

Vereadora Kátia Arlene de Souza
– Saudou a Congregação de Davi por ter completado 5 anos de atividades no último domingo (10), e que eles fazem um trabalho social muito importante. Que o município valorize mais aquela instituição. Sobre os projetos de gratificações, entende serem importantes, mas cada um está sendo analisado individualmente. Lembrou que os operadores de máquinas saem cedo para o interior, levam marmitas, pois só retornam para casa à tardinha. Pediu maior atenção do Executivo a Associação de Recicladores da Ponte Seca, que tem 23 funcionários, onde seus materiais de trabalho são comprados com dinheiro do próprio suor daqueles trabalhadores. Que haja maior conscientização sobre a importância de separar o lixo. Sobre as manifestações na tribuna sobre política, que os discursos estão bonitos, mas só isso não resolve e que o povo saberá escolher o melhor para o município.

                                                                                        EXPLICAÇÕES PESSOAIS


Vereador Orison Cezar – Retornou para dizer ao vereador Bira, que o limite prudencial só houve em anos anteriores, agora não? Referiu-se a supressão de 200 cargos em comissão, o que ocorreu em 2014, quando os vereadores de posição foram contrários. Não foi aprovado porque haveria implicação judicial aos vereadores. Foram 200 famílias sacrificadas pela administração. Agora,estão contratando estagiários para área da educação, dando ratificações.

Agora tudo pode?

Vereador Ubirajara Leotte – Frisou que a Lei das Atendentes de Creche (6horas) disciplinou a matéria que antes era regrada por Decreto. Seja o prefeito A ou B, não vai mais mexer no direito destes profissionais. Quanto as contratações de professores, a Lei Federal obriga crianças de 0 a 3 anos estarem sendo assistidas pelo município, é preciso contratar. Que pretendetrazer dados de que só agora está sendo possível oferecer melhores condições para algumas categorias, por conta da recuperação do índice do ICMS. Não fosse isso, o município, a exemplo do Estado, poderia ter de parcelar os salários dos servidores.

Vereadora Roseli de Souza – Disse ter sido criticada por ter acompanhado o vereador Orison em alguns eventos, que estaria lhe promovendo. Afirmou não dar bola para fofocas, e que todos nós temos anseios, inclusive ela. Lançou-se pré candidata a vice para uma futura composição. Salientou que em momento algum os vereadores que estão na Casa obstruíram o processo de crescimento do município.

Vereador Jeferson Wolff – Disse que está ouvindo as manifestações dos pré-candidatos, que muita coisa é importante, mas há divergência de idéias. Sempre de forma respeitosa estará ocupando espaço na tribuna e no cenário da política local. Trouxe alguns dados da recuperação do ICMS no município,onde em 2007, o índice era de 3,14%, significando R$ 184 milhões; Em 2013, caiu para 1,36% - R$ 80 milhões. Agora, já soma 1,99% - 170 milhões. “Isso é trabalhar com responsabilidade com a coisa pública”, finalizou.


Vereador José Valério Aires – Falou de seu Pedido de Informação endereçado ao Executivo, onde quer saber como está o processo licitatório para manutenção na TF-10. “Havia pressa para aprovarmos o orçamento, pois as obras não aconteciam por falta dos recursos. Orçamento foi aprovado e passados vários meses deste ano, até agora nada. Também uma verba destinada por esta Casa – R$ 200 mil – para cercamento da quadra da Escola Liberato, na Boa Vista, até agora, nada”, questionou.

Vereador Valmir Massena – Disse estar feliz com o plenário lotado, e que as pessoas venham mais ao Legislativo ver e ouvir o trabalho de cada vereador. Salientou o Bingo na Coxilha Velha, os 5 anos da Congregação de Davi e o belo trabalho do Pastor Marcelo Leandro. Saudou os pré-candidatos e disse que o seu partido, o PSD, também tem pré candidato a prefeito – é uma mulher, a vereadora Kátia. Estimulou outras mulheres a concorrerem a vereança.

Vereadora Rita de Cássia – Retornou à Tribuna para dizer que o projeto dos operadores foi aprovado por unanimidade, provando que o trabalho dos vereadores não é contra quem quer que seja. “Agora, não dá para admitir funções gratificadas de última hora. Por que não fizeram isso antes?”


Câmara de Vereadores de Triunfo
Jorge Matias/Razek Cunha